Janeiro 2012

There's no law that says you have to be rude. Just say goodbye.

As pessoas com quem eu passo mais tempo foram as pessoas que mais contribuíram para ter de arquivar 2011 na gaveta dos anos para esquecer.

Não sei como é que demorei tanto tempo para perceber que há pessoas que não são importantes, que não importa a quantidade de tempo que passamos com elas ou o poder que (julgamos nós) têm sobre a nossa vida, não são importantes. Ponto final!

Chorar, refilar ou maldizer a nossa sorte de nada adianta. Só há uma solução: ganhar coragem, arregaçar as mangas e lutar para mudar de vida.

E eis que chegamos a 2012 e damos por terminado o primeiro mês do ano…e tudo parece estar igual. A mesma rotina, as mesmas pessoas, os mesmos dias, mas a verdade é que não podia estar mais diferente… caminhamos em direcção à primavera e ao verão, lutamos por uma mudança (há tanto tempo desejada) e passamos ao lado daquilo que nos faz mal.

No final, acabei por aprender três grandes lições:

1- Mudar, depende de nós, não depende dos astros, nem do destino e muito menos do facto de sermos boas pessoas e merecermos.

2 – Em relação às pessoas que nos magoam, só há uma coisa a fazer: arrancar o mal pela raiz e desejar que não voltem a pôr os pés na nossa vida.

3 – Chega a uma altura da nossa vida que passamos a ser duas pessoas e não uma. É a altura para deixar cair metade dos nossos problemas e apanhar metade das alegrias da outra pessoa. Pelos dois a coisa funciona muito melhor (para os dois).

Anúncios

One thought on “Janeiro 2012

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s