The Tree of Life

Finalmente, ganhei coragem para ver o The Tree of Life, mais um dos nomeados para os Óscares.

hm…por onde começar? The Tree of Life não é um filme banal, as imagens são inacreditáveis e de cortar a respiração e a o modo como o realizador nos dá a conhecer a infância de um jovem é, no mínimo, diferente.

Durante umas duas horas, acompanhamos a infância de um jovem, nos anos 50, tal como ele a recorda: com imagens espaçadas, diálogos curtos e soltos e alguma (para não dizer muita) imparcialidade.

Não é bem o meu género de filme, demasiado artístico. Eu gosto de filmes com uma história, um fim condutor e, de preferência, com alguma energia

 

Podem ver o trailer aqui.

  

 

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s