Isto do ano novo…

Isto do ano novo é muito bonito, muito bonito, mas é só mesmo no papel. Estamos na fase em que a malta apregoa aos sete ventos tudo aquilo que vai mudar na sua vida, mas quase que podemos contar pelos dedos de uma mão o número de dias que vão fazer jus às suas promessas.

Os dramas deste ano já estão velhos e cansados de tão antigos que são, os dias são os de sempre, as pessoas são as mesmas. A euforia das festas começa a passar e ficamos com os dias de trabalho, o frio, o aumento dos preços e as preocupações que entretanto voltaram a apanhar-nos.

Em breve, vamos deixar de ouvir falar em resoluções e vamos começar a ouvir as razões que levaram ao abandono daquela ou da outra resolução. Umas serão justificadas pelo grau de dificuldade numa altura de mais stress, outras porque haviam sido feitas sem pensar e outras ainda porque caíram no esquecimento.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s