Sobre a amizade

Quem acredita que as amizades não dão trabalho, está muito enganado. Exigem vontade, esforço e motivação, as melhores, as que valem a pena, provam que merecem bem a nossa dedicação, a sua recompensa supera todas as expectativas.
Eu sou uma daquelas pessoas que acredita na amizade, dedico-me de corpo e alma aos meus amigos, com a mesma motivação e energia que me dedico à relação com a minha família ou com meu namorado.
Nos últimos anos, depois de uma mão cheia de desilusões, aprendi duas lições importantes. A primeira foi que não posso exigir a mesma dedicação das outras pessoas, cada um decide o que há-de dar de si e cabe-nos decidir se chega ou não. A segunda foi que não é possível uma amizade unilateral, que se a outra pessoa não dá valor à nossa amizade então, meus amigos, não vale a pena insistir, é porque também não a merecem.
Esta segunda lição parece bastante simples, é verdade, mas a dificuldade não está na lição em si, mas em identificar as relações onde ela pode encaixar. No último mês, depois de alguma luta interna, coloquei duas pessoas nesse barco, não é definitivo (nada é), mas por agora estão lá e mais do que isso não me interessa.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s